sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Tontos dias invernosos


meia noite e quinze

relâmpagos
vidro e chuva
acasalam e aprisionam
mãos na última janela
e a velhos olhos formigam
um adeus entre os prédios

Um comentário:

  1. Pastori e suas janelas onde se debruça e o mundo para para pensar você.

    ResponderExcluir