terça-feira, 6 de julho de 2010

A cobra laranja


A Holanda tem cobra? Tem.

De nome sinuoso e futebol de tática imprevisível, o meia ofensivo Wesley Sneijder até que não jogou bem, como todo o time holandês, à exceção do ótimo Mark von Bommel, um máquina de eficiência defensiva. Mas bastou quinze minutinhos do giro final, para resolver o problema.

A Holanda é assim. Como o seu craque é assim.

Cobra pronta para dar o bote.

Por mais que estivessem do outro lado guerreiros que não se entregaram.

Os cabeludos de la plata caíram de pé.

Com veneno laranja aplicado no momento que Sneijder & cia bem quiseram.


Nenhum comentário:

Postar um comentário